Tuesday, January 31, 2012

Refeições

Com o Benjamin no pedaço, ficcou muito difícil para eu tomar conta de tudo, quero dizer, da casa, dp Benjamin, das traduções, da cozinha... Aqui é muito caro ter babá ou faxineira, empregada então nem se fala.

Mas de novo, eu me surpreendo com a cultura de Nashville, pessoas que eu nem tinha tanta intimidade assim, estão novamente oferecendo ajuda. Todos os dias, uma família diferente bate a minha porta com uma refeição pronta para o jantar. Eles sabem que estou exausta e cozinhar fica difícil com um rescém nascido. O engraçado é que no dia a dia, eu não tenho muita proximidade com estas pessoas, muitas frequentam a mesma igreja que nós, e mal temos tempo de nos cumprimentar quando nos vemos aos domingos. Agora depois de um ano morando aqui, é que estou conseguindo fazer mais amizades com os Nashvillienses.

Bem, Matt e eu temos refeições garantidas até 10 de fevereiro!

Este costume é comum também em caso de doênças na família e também morte, nestas horas a família não tem cabeça para cozinhar ou até comer.

De novo, os americanos podem parecer frios, comparados com os brasileiros, mas eles sabem como ser calorosos nas horas em que mais precisamos. Mais uma vez, tive uma surpresa boa!

Este é um habito que aprendi e vou levar adiante quando encontrar alguém em uma situação parecida.

Ah! Benjamin está uma gracinha, cada vez mais bonitinho! Eu preciso ser uma mãe mais coruja e tirar mais fotos atuais dele! hehehe!

Até mais!


2 comments:

  1. Que legal, Waleska, fico muito contente por ti. Imagino como é importante ter uma ajuda assim nessas horas!
    Beijo,
    Marília

    ReplyDelete
  2. Oi, Marilia!

    Antes de ter filho, eu não tinha idéia, mas agora qualquer coisinha que fazem para mim dou o maior valor!

    beijos

    ReplyDelete