Sunday, April 22, 2012

Mão de Obra


Nos Estados Unidos, em geral, é mais acessível para adquirir bens materiais. Mas em compensação, a mão de obra é muito cara. Os americanos de classe média e até os de classe média alta fazem tudo, sem chamar ninguém. Foi o nosso caso.


Os armários da minha cozinha eram assim, sem   brilho e gastos, vale lembrar que compramos uma casa de 40 anos.


Eu queria renova-los, mas iria sair U$1500 Dólares. 


Os pais do Matt vieram nos visitar, e nos ajudaram com este projeto. O Matt e o pai dele trabalharam juntos na nossa garagem, pegaram porta por porta, lixaram e restauraram.


Foram quatro dias de trabalho pesado, e eu toda hora pensava: "por que eles não pagam alguém para fazer isso"?


Bem, por U$ 300,00, este é o resultado! Uma cozinha totalmente renovada! E o Matt tem orgulho toda vez que entra na cozinha. 


Tudo isso foi possível com a ajuda da Lowe´s que é uma loja de departamentos para quem quer fazer reformas e renovações. é aberta para qualquer pessoa, é lá que pessoas leigas e profissionais compram materiais, para as pessoas leigas, como nós, os atendentes nos ajudam com o "passo a passo" do projeto e também tem vídeos online para qualquer projeto. Qualquer um pode se tornar um "faz-tudo", até eu, hehehe. Acho que falta uma loja dessas no Brasil. 

Até a próxima!

17 comments:

  1. Wow. So nice to see the "finished" product.
    Love Dad

    ReplyDelete
    Replies
    1. Thank you, dad!

      I was explaining that in Brazil we would probably pay somebody to do it, we don't have any superstore like Lowe's down there. And it is part of our culture difference.

      Hey, now you are famous in Brasil! :)

      Love, Waleska

      Delete
  2. Waleska!
    Tua cozinha ficou linda! Parabéns para eles!
    De fato, aqui no Brasil, a cultura do pagar para fazer é muito forte. E, às vezes, pagamos por um serviço que fica mal feito.
    Mas o Adriano também se aventura a fazer muita coisa aqui em casa. Além de economizarmos, nos orgulhamos do resultado da nossa capacidade.
    Grande beijo para vocês. :):):)

    ReplyDelete
  3. Hey, Joana!

    Acho que o Adriano iria adorar esta loja. Até uma simples dona de casa pode se transformar em uma verdadeira marcineira. :)

    beijos

    ReplyDelete
  4. Waleska! Tudo bom?
    Eu já tinha comentado aqui no seu blog mas esqueci de colocar meu nome! Meu nome é Tati, sou da Bahia :)
    Eu pretendo em 2013 ou 2014 fazer intercâmbio e queria MUITO ficar em Nashville, no subúrbio... Sendo que a empresa que eu vou é do amigo de meu Pai... é a F.L.A.G! E talvez ele me dê a oportunidade de procurar famílias já registradas no governos, disponíveis pra receber intercambistas na casa! Você conhece alguma família? Se sim, como eu poderia entrar em contato com elas?
    Beijo!
    Ps: Seu filho tá uma fofura!

    ReplyDelete
  5. Oi, Tati!
    Legal, é muito calmo morar no subúrbio, mas você vai precisar ter um carro, pois tem muito pouco ônibus, deixe seu e-mail, que eu vou perguntar por aqui. beijos

    ReplyDelete
    Replies
    1. desculpa a demora! meu e-mail é taticolavolpe@msn.com :)

      Delete
  6. Que interessante, aqui tb é assim, todo mundo faz tudo! Acho tri prático e necessário! Parabéns!
    Bj e bom findi,
    Marília

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi, Marilia!

      Eu ainda estou me adaptando com isso. Mas concordo que é melhor. beijos

      Delete
  7. Boa tarde Waleska,

    Tudo bem?
    Me chamo Natália e pretendo fazer um intercâmbio de estudos nos EUA agora em junho, pretendo ficar seis meses. Porém estou em dúvida à respeito da cidade em que vou estudar, quero muito morar em uma cidade que tenha aquele estilo de vida country, com muita música country, rodeios, que tenham bares com decoração country, enfim, se possível, até que os moradores usem chapéus de cowboy e cinto com fivelas grandes! =)

    Estou em dúvida entre Austin e Houston (adoraria Dallas, mas a escola que vou não tem lá), ambas no Texas e Nashville (segundo dizem, o berço da música country).

    Você pode me informar se em Nashville ainda encontramos um pouco dessa atmosfera interiorana que eu busco? Imagino que aquelas cidades tradicionalmente country fiquem apenas nos filmes hoje em dia, mas Nashville ainda tem um pouco desta cultura?

    Aguardarei a resposta ansiosa! =)

    Felicidades para você e sua família.

    Natália A. Machado

    ReplyDelete
    Replies
    1. Nossa, Natalia!

      Junho está em cima! Bem , eu não conheço Austin ou Houston. Mas posso falar sobre Nashville. É uma cidade grande com um milhao e meio de habitantes. No dia a dia as pessoas não se vestem a carater, partes da cidade tem esta atmosfera que você busca, sim! O centro da cidade é bem country também. Na minha opinião, você vai gostar bastante de Nashville. Tem muito lugarzinho que parece que ficou parado no tempo. :)

      Sobre o centro da cidade, dê uma olhada neste post que fiz ano passado!

      http://umabrasileiraemnashville.blogspot.com/2011/04/meu-aniversario-country.html

      Espero que a minha resposta seja útil para você!

      abraços

      Delete
  8. Waleska tudo beleza? Estou pensando ir para Nashville estudar, gostaria de saber de você algumas coisas sobre a cidade.

    ReplyDelete
  9. Oi, Renan!

    Legal! Acho que voce vai gostar! Só que faz quatro meses que estou fora de circulação. hehe! O que você gostaria de saber? Espero poder responder!
    ate mais,

    ReplyDelete
    Replies
    1. Então, vou ficar um mês, estou em duvida em Calgary no Canada e Nashville, gostaria de saber como é a hospitalidade, custo de vida e se realmente a uma "cultura country" existente ainda. Grato.

      Vou ficar em casa de família, é uma boa?

      Delete
    2. Oi, Renan!

      Eu adoro Nashville! A cultura country é muito forte! No centro da cidade tem muitos bares e clubes de musica country. Lá as pessoas se vestem a caráter. O custo de vida é médio, nem caro, nem barato. Casa de família é a melhor opção, principalmente porque você vai falar inglês o tempo todo e ao mesmo tempo entender mais da cultura deles, você fará amizades que durarão para sempre. Será uma porta aberta, pois através desta família será mais fácil conhecer mais pessoas, também. Os americanos não fazem amizade facilmente, sem ter um elo em comum, entende?

      Quanto a hospitalidade, não sou tratada diferente por ser extrangeira, aqui eu sou apenas mais uma. O povo aqui está muito acostumado a receber extrangeiros que nem dão mais bola, mas não é nada pessoal. Enfim, não haverá tratamento especial, você será tratado normalmente (diferente do Brasil, onde tratamos extrangeiros muito bem).
      Espero que minha informação tenha te ajudado!

      abraços

      Delete
  10. Hello sugar!
    Oh! O baby da titia está uma coisinha de lindo,hein? Oi minha amiga, faz um tempinho que não passo por aqui, mas é que é muito trabalho, sabe? Eu e meu marido resolvemos reformar a sala e nossa!... fiquei quebrada...Não tinha animo pra mais nada mas o resultado... não tem igual. É como voce pode ver ai, quando a gente faz é muito melhor, tem mais cuidado, etc... Fica menos caro, rs,rs. A minha sala ficou ótima e sua cozinha está barbara, diz pro maridão que ele está de parabens! Aqui já temos o hábito de reformar tudo o que dá e já aprendi muitas coisas com vendedores de lojas de materiais para construção, sempre dão uma dica. Tem uma aqui perto de casa que dá até aula gratuita. Mas nós aprendemos mesmo foi fazendo, na raça. Eu já aprendi até a usar lixadeira elétrica e lixei minha porta da frente todinha e envernizei! Claro que marido retirou ela pra mim e pos no jardim! Sua casa vai ficar uma belezinha e voces com mais r$ r$ r$ , he,he!!! Continuem voce vai ver que maravilha sua casa ficar. O ano passado eu tinha reformado minha cozinha, lembra? Deu tão certo que agora não vamos parar mais. Agora vamos pra o quarto do meu "bebe"... Só vou descansar um pouquinho pois sala e bem grande (porta e 2 janelas e as paredes e corredor) Af!!
    Olha sempre me lembro de voce querida, pois ando fazendo muito a sua receita de panqueca maravilhosa... Não se mate agora no começo (até uns 3 aninhos de Ben) de querer fazer tudo o que voce fazia, viu? Vai devagar e faça o essencial. Não fique estressada e nem muito cansada, não vale a pena. Agora a sua rotina é outra.Ele tem saúde e Graças a Deus voces tambem; é só uma fase mais exigente.Poupe-se para sua familia e seu bem estar emocional, ok? Ah! qua mania de mãe né? Não me aguento calada rs,rs,rs,. Bjs que vou pra cozinha fazer o jantar.
    Deus ilumine suas vidas e encha de amor e saúde.
    Beth Roveri /SP Brasil

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi, Beth!

      Nossa, estou impressionada com a sua garra! O Matt também comprou esta lixadeira, fez um pó danado! Mas realmente eu sou mais pregriçosa para este tipo de trabalho. :) Estava sentindo a tua falta, hein!

      Peque leve, você também, viu? Cuidado com a mão!

      beijos

      Delete