Tuesday, January 28, 2014

Inverno em Nashville!


Estamos enfrentando temperaturas negativas por algumas semanas. Não está fácil!
As escolas até fecham quando é muito frio. O bom é que não tem neve e não tem chuva, pois quando chove, as estradas ficam com gelo e é muito perigoso.


Este é o chafariz da universidade, até a agua congelou! 
Bem, na minha opinião, o inverno não é a melhor época de vir a Nashville, o inverno limita muito, sendo que a cidade tem mais opções de passeios ao ar de livre também.

Estou ansiosa para a primavera!



Monday, January 20, 2014

Aniversários


Assim que acabam as festas de Natal e Ano Novo , eu logo tenho que pensar no que fazer para os homens da minha vida. O aniversário do Matt é no dia 10 de janeiro e do Benjamin, dia 13 de janeiro.


Para o Matt, tivemos um bolo de café da manhã no dia do aniversário dele, ele abriu alguns presentes e cartões e depois fomos trabalhar. Como estava ocupada preparando a festinha para o Benja, não deu para fazer uma super produção , mas a noite fomos jantar fora para comemorar. 


Este foi o bolo do Benjamin, feito por mim. A música preferida dele é os 5 patinhos. Apesar de termos facilidade de comprar bolos maravilhosos prontos no supermercado, eu prefiro manter a minha tradição de fazer o próprio bolo. E venho me surpreendendo com as criações. hehehe!


Bem, voltando para os costumes de Nashville. O aniversário do Benjamin foi comemorado de manhã , das 10h as 12h. Convidados pais com filhos com a mesma faixa etária de idade do Benja. Em torno de 20 adultos e 11 criancinhas.


O que servir? Com a experiência do primeiro aniversário, eu notei que os pais querem dar comidas mais saudáveis para os filhos. E como era de manhã, fiz um brunch (café da manhã e almoço).  a bandeja acima contém cenourinhas, maçãs, queijos e um caramelo para mergulhar a maçã. As maçãs foram o que as crianças comeram mais. 


Também comprei esta bandeja de cookies, mas não foi um sucesso, sobrou quase a bandeja inteira. Quase ninguém comeu. Ano que vem já não vou repetir.


Os crossaints foram uma boa pedida, vieram acompanhados de queijinho, manteiga, creme de queijo, ou manteiga de amendoin. E é um pãozinho macio para as crianças.


Os potinhos de iogurtes foram bem recebidos pelas crianças e os pais aprovaram e provaram. :)

Também preparei chocolate quente (estava frio aqui), chá, e duas garrafas de refrigerantes ( e ainda sobrou refri).



E este é o aniversariante! 2 aninhos! O tempo passa mais rápido quando nos divertimos!

Obs.: Fiquei admirada com a consciência dos pais de evitar açucar , muitos já vieram preparados com lanchinho de casa, pensando que teria muito açucar na festa. Geralmente temos a ideia de que os americanos se cuidam menos, mas pelo menos nas minhas relações, isso não acontece. Até acho que as pessoas exageram um pouco.

Fico satisfeita, porque não preciso fazer uma super produção. Gosto de fazer festinhas caseiras e simples, pois me lembro de como era na minha infância. E aqui, esta festinha simples que fiz com um orçamento baixo é considerada uma super produção. Não é comum ter festas de aniversários para 1 e 2 anos, é tudo muito simples e só com a família.





Wednesday, January 1, 2014

A Cultura Dos Cartões

Após as festividades de fim de ano, me deparei com a cultura dos cartões.
Aqui no sul dos Estados Unidos, as pessoas tem o hábito de escrever cartões para diversas ocasiões.


Este ano recebi mais ou menos 20 cartões de natal. 

Uma tradição de fim de ano é escrever cartas contando como foi o ano para a família. Este ano recebi duas cartas. Algumas pessoas não gostam, acham que as cartas só contam as coisas boas, são egocentricas, enfim. Eu vejo como uma maneira delicada de colocar os amigos a par do que aconteceu durante o ano naquela família.


Na foto acima está a minha gaveta cheia de cartões que eu vou acumulando e não tenho coragem de jogar fora. No trabalho também ganhei cartões dos meus colegas. É uma maneira carinhosa de mostrar que eles têm consideração com o próximo, já que muitos não tem o costume de abraçar e beijar para demonstrar carinho, então fazem por escrito mesmo. 

Aqui vai algumas ocasiões para enviar cartões além do natal.

  • Aniversários
  • Nascimentos
  • Morte na família ( Algumas pessoas fican até sentidas se não receberem um cartão de pêsames)
  • Páscoa
  • Halloween
  • Agradecimento (Sim, se você receber qualquer presente ou gentileza, além de agradecer verbalmente, espera-se que você agradeça por escrito através de um cartão). 

Sim, os sulistas são muito sensíveis com esta história de cartões. Não tem erro, se vocês quiserem agradar um sulista, não use abraços ou beijos, escrevam um cartão! E assim socializamos em Nashville! :)