Wednesday, May 14, 2014

Morar nos Estados Unidos


Tenho recebido muitos comentários de pessoas pedindo dicas para vir ao Estados Unidos, perguntando como consegui, se é fácil ou difícil ter a cidadania americana, enfim.

O que tenho a dizer é que eu vim em condições totalmente diferentes, pois foi através do meu casamento, realizado no Brasil. E a minha vinda não se deu imediatamente após o casamento, ainda moramos 5 anos no Brasil antes da mudança final para cá, que foi uma decisão em conjunto com meu marido, o que foi difícil já que ele já estava morando a quase 10 anos no Brasil e estava se sentindo em casa.

Não me considero a pessoa mais indicada para dar o passo a passo de como vir, pois como disse, vim em condições diferentes. E além do mais, eu acho muito arriscado para brasileiros tentarem entrar como turístas e acabar ficando, pois a realidade é bem diferente, por melhor que seja a qualidade de vida, um imigrante ilegal é sempre discriminado e sempre tem que trabalhar mais para provar seu valor, e tem sempre o medo de ser deportado.

Mas tenho algumas dicas para estudantes universitários. Na minha opinião, a melhor forma é procurar uma agência de intercâmbio de confiança, você paga mais caro pelo serviço, mas em comnpensação tudo é mais claro e garantido. Através destas agências pode-se conseguir um visto de trabalho temporário, de estudante, ou de turista. Se você é estudante, não deixe para tentar vir quando se formar, pois um estudante tem mais chance de ter um visto aprovado (devido ao vínculo com a universiade) do que uma pessoa rescém formada e sem emprego.

As principais agências barsileiras são:

Central de Intercâmbio - http://www.ci.com.br/

STB travel  - http://www.stb.com.br/

Eu já usei a Central de Intercâmbio quando era estudante universitária e tive uma experiência maravilhosa trabalhando em um hotel na California. Foi durante a faculdade, tive que cancelar dois semestres, e demorei um ano a mais para me formar, mas a experiência que tive valeu muito mais. Aliás, terminei meus estudos com muito mais maturidade.

Outra dica: As pessoas que me escrevem, querem participar de programas de intercâmbio, mas querem escolher Nashville. Infelizmente quando participamos destes programas, não temos muita escolha mesmo. Deixe o acaso cuidar disso, eu também não escolhi quando fiz meu primeiro intercâmbio, fui mandada para uma cidade linda no interior da Califórnia, chamada Napa Valley, e tive uma experiência incrível.

Depois do primeiro visto aprovado e da primeira experiência, tudo fica mais fácil, até os próximos vistos terão menos burocracias, e vocês poderão escolher os destinos com mais autonomia e sem agências.

Espero que estas dicas sejam válidas!

Boa sorte!






4 comments:

  1. Algumas agências legais de você indicar são a BIL Intercâmbios e a Experimento, que também tem programas muito legais :D

    ReplyDelete
  2. Ola Waleska, agora somos 2, meu nome e Quezia e moro em Bartlett a 2 messes, meu marido é estudante contact me por email, frequentamos a igreja Batista de Belleville na Appling. Nao conheco nenhuma

    ReplyDelete
  3. Na verdade, somos dezenas, ou melhor, centenas de brasileiras e brasileiros por aqui. Procure pela Igreja Brasileira de Nashville no facebook. :)

    ReplyDelete